quinta-feira, 4 de julho de 2013

NÃO SEI

Não sei o que preciso…

mas sei que vou encontrar,

procuro flores perdidas:

num jardim junto ao mar.

Mas eu sou assim…

procuro ver nas flores:

aquilo que vive em mim;

vivo a bondade a paz e o amor.

Mas também sei beijar…

as minhas eternas flores;

trago dentro de mim:

o mel de um amor-perfeito,

e assim vivo a minha vida.

Coberto de amores…

e das minhas doces flores;

E não admito que façam mal:

as minhas belas e doces flores.

Ainda não descobri aquilo que sou…

apenas sei que vivo:

para os meus amores,

E para as minhas eternas e doces flores.

Autor: Santa Cruz (Diácono Gomes)

12 comentários:

Patricia Galis disse...

Bonito demaisssss parabéns!!!

lis disse...

Muito bonito Santa Cruz, adorei!
me sinto parte desse seu jardim florido ... rs
um abraço e bom domingo

luna luna disse...

que possas sempre manter o teu jardim florido e belo ao teu olhar
beijo

Fruto do Espírito disse...

A Paz de Cristo, vim agradecer seu comentário e dizer que o seu espaço é muito carismático e acolhedor.

Palavras doces e sinceras, fazem bem a nossa alma, o nosso espírito reflete e agradece!

Em Cristo,
***Lucy***

Anne Lieri disse...

Uma poesia linda demais!Viver para as suas flores é maravilhoso!bjs e boa semana,

Malu Silva disse...

Santa Cruz, agradeço a visita e as palavras deixadas por lá. Como é bom termos a certeza de encontrara aquilo que ainda é lacuna em nós... Belo poema. Um grande abraço!

Mafalda Sofia Antunes disse...

Linda poesia,eu gostei muito!! Fica com deus!! http://mafaldinhaarte.blogspot.pt

ॐ Shirley ॐ disse...

Santa Cruz, esse poema é uma doçura. Gostei muito. Beijos e muita paz!

Janita disse...

Olá, Santa Cruz!

Vim trazer um beijinho e agradecer a tua simpática e amigável presença. lá mo meu cantinho.

Adorei o poema! Um silêncio que nos diz muito sobre ti.

Bem-hajas, Amigo!

Beijinho.

Antônio Lídio Gomes disse...

Viver para teus amores, é a sublimação do amor de Deus em tua vida.
Que bom que o amor impera.
Um abraço, mneu amigo.

MARIA JOSE Rezende disse...

Nossa... que lindo!!! Parabéns. Grande abraço.

Vera Lúcia disse...

Tenho procurado seus blogs, mas só hoje os encontrei. Devo ter pegado caminho errado. Adoro versos. Por isso, visitá-lo-ei com mais frequência. Obrigada pelo seu carinho, visita e comentários ao meu blog.
Meu pai tb era Manuel Gomes. Lembrei-me dele. Abraços!