segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

ETERNAMENTE TEU

Sou teu…

Sou amigo e namorado;

E se quiseres sou teu criado:

Sou homem e amante.

Quero ser teu companheiro e confidente…

Só precisas de escolher;

Aquilo que queres que eu seja.

Sou um homem multifacetado…

Sou um para cada momento;

E para a situação mais indicada.

Só quero o teu bem-estar…

Posso transformar-me no tempo:

Porque somente te quero amar.
.

Autor: Santa Cruz (Diácono Gomes)

7 comentários:

LUZ disse...

Olá, Manuel!

Como tem passado?

Amor, assim, já é difícil de encontrar, mas aplaudo, contudo, esse tipo de amor.

Boa semana.
Beijos da Luz.

LUZ disse...

Olá, estimado Manuel!

Agradeço os seus carinhosos comentários.

Há muito tempo, que não se deixava ver!

Espero que esteja tudo bem consigo e com a família.

Beijos da Luz.

Marineide Dan disse...

Um amor profundo que vale a pena cantar em versos...

Um abraço!

manuela barroso disse...

Olá querido amigo,
Assim vale a pena ser um amor para aa vida. Sempre belos e suaves os seus poemas.
Fraterno abraço

Luna Di Primo disse...

oi poeta... bonito, suave e acolhedor poema... bjuuu

Anne Lieri disse...

Muito linda e tocante sua poesia de amor!Eu adorei!bjs,

lis disse...

oi Santa Cruz
Um amor declarado e apaixonante,
assim desejamos ... rs
mas por onde andará? rs
abraços e parabéns pelo dom de versar poeticamente e tão bonito!