domingo, 29 de julho de 2012

ABRE O MEU CORAÇÃO



LIS!

Abre o meu coração…

para eu avançar  na tua direção;

Saltando montes e vales:

Que nos separam.

Quero ver o teu belo sorriso…

De amor e sedução:

Para conseguires ganhar o meu coração.

Adoro estes jogos de amor…

Sempre me surpreendes;

Queria  amar-te eternamente:

Com muita ternura e carinho.

Porque estou loucamente cego…

Por ti minha doce e eterna flor:

Tu és muito bela e romântica:

Amarte-ei para sempre?

 Sem qualquer reserva ou lugar.


Autor: Santa Cruz (Diácono Gomes)

Dedico este meu poema a minha doce amiga dos Blogues Flor do Lis e Simplesmente Lis.

11 comentários:

Mariazita disse...

Santa Cruz, meu amigo
Ao mesmo tempo que agradeço as tuas palavras de conforto e o teu belo poema, peço me perdoes a demora. É que ainda não consigo estar muito tempo no computador...
Aos poucos vou agradecendo as visitas recebidas, mas faço-o bem lentamente... a emoçaõ ainda é demasiado forte; tenho que espairecer de vez em quando...
Deus me dará forças para ultrapassar, assim espero...

Um beijinho muito grato para ti

lis disse...

Oi meu querido amigo
Gostei imensamente.Sempre desejava um poema pra me embalar rsrs
voce caprichou, obrigada pelo coração limpo ,simples, generoso e bonito.
Que Deus que te deu o dom da escrita,te abençoe ricamente por onde andares e no que fizeres.
Desculpas demorar vir, é que meu tempo é sempre sem pressa, pra que tudo se equilibre rs
A internet é maravilhosa , as vezes nos pega ,nos joga pra lá pra cá e temos que esperar a hora boa...
costumo vir as madrugadas, no silencio.
Enfim amei demais e amarte-ei também de longe ,conectada, de forma natural sempre querendo-te bem,
mil abraços da
lis
* mesmo sem que me lembrasse ,eu viria tá? só quero que saiba que fiquei orgulhosa de mais uma vez receber seu carinho.
Te gosto , te abraço

Mariz disse...

Linda homenagem, a Lis deve ter se emocionado ao ler tão belos versos.

bjos e linda noite!

LUZ disse...

Bom dia amigo Manuel,

Como está?
Bastou mudar uma vogal. Luz, para Liz. Vê? Assim é que dá jeito. Nomes pequeninoos encaixam-se em pequenos/grandes espaços.

O poema é lindísssimo. Ela já "abriu" o seu coração, e com este poema, será "sua" até ao fim dos tempos.

Mais uma flor, que conquistou. Agora é só cuidar dela, como quem trata de uma rosa vermelha.

Um beijo da Luz.

Mariz disse...

Vim te deixar um beijo de bom dia...como vc consegue ler o coração de uma mulher, perfeito.

Sonhadora disse...

Meu querido e doce amigo

Mais uma bela homenagem a uma pessoa querida e sensível que eu adoro.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Ana Paula disse...

Quanta sensibilidade para homenagear tão doce amiga.
Belíssimo teu poema.
Abraços

Patricia Galis disse...

Mais um belíssimo poema que toca nosso coração.

Antônio Lídio Gomes disse...

Santa Cruz, teus poemas são verdadeiros cânticos e uma ode ao amor. Aqui há perfumes do romantismo e da beleza do amor.
Um abraço fraterno.

Magia da Inês disse...

¸.•♫°`♡彡

Bonita homenagem para sua amiga.
Parabéns pela simplicidade encantadora de escrever.
Bom fim de semana!
Beijinhos.
Brasil
¸.•♫°`♡彡✿⊱╮

manuela barroso disse...

Lis! Das mais belas flores!
Lindíssima poessia Santa Cruz!
Vim numa corrida...
Vou mas volto!:)
Bjis